Inspirações

Alunos trocam recicláveis por “dinheiro” que compra brinquedos

Ação permite que troquem 35 latinhas ou 35 garrafas pets pela moeda "ibirazinho", que é usada para comprar brinquedos e bolas em escolas do interior de SP.

 

No projeto, os estudantes de Ibirá (SP) são incentivados a trocar materiais recicláveis por dinheiro fictício, que é usado para comprar brinquedos e bolas. Todas as escolas da rede municipal aderiram e são cerca de 1,2 mil alunos participantes. O projeto foi idealizado por um professor e aceito pela administração.

“Com a ajuda dos brinquedos, a cidade mudou o pensamento sobre a separação do lixo”, afirma o professor Adriano Júnior, idealizador do projeto. A cada 35 latinhas ou 35 garrafas pets os alunos trocam por um "ibirazinho", a moeda local. Com isso, são disponibilizadas 200 moedas para cada escola por semana.

De acordo com o professor, a prefeitura compra os brinquedos com o que recebe da cooperativa que paga pelo material reciclável. Cada unidade escolar montou sua própria lojinha que funciona em um dia da semana.

O "ibirazinho real" são notas que imitam dinheiro nos mínimos detalhes. Elas são impressas num papel diferente, com numeração e até faixa holográfica para atestar a autenticidade de cada cédula. De reciclável em reciclável, os estudantes estão descobrindo que o que ia para o lixo pode virar dinheiro.

“A gente não acha mais latas ou garrafas pets nos lixos, nem papelão, porque as crianças pegam tudo”, diz Tatiane Rodrigues dos Santos, cooperadora do projeto.

 

Leia também: 5 dicas para organizar os brinquedos das crianças

Leia também: Carrinhos elétricos levam crianças até sala de cirurgia em hospital de Passo Fundo

 

Fonte: Primeira Página

 

Redes Sociais